Processo de habilitação “de genere” de Nuno Perdigão de Bettencourt, filho de João Ferreira de Bettencourt Perdigão e de Teresa Luísa Bandeira, natural da freguesia de São Tiago de Alcácer do Sal, para ser admitido a prima tonsura e ordens menores.

Description level
File File
Reference code
PT/ADEVR/FE/DIO-CEEVR/A/012/00213
Title type
Atribuído
Date range
1715 Date is certain to 1716 Date is certain
Dimension and support
1 proc. (86 f.), papel.
Scope and content
Constam inquirições "de genere" que se fizeram na vila de Coruche, naturalidade do avô paterno, Teotónio Perdigão Sotto Maior, e da avó materna, Helena da Costa Bandeira, na cidade de Lisboa, naturalidade da avó paterna, Guiomar Maria de Bettencourt, e na vila de Benavente, naturalidade dao avô materno, Lino de Azevedo e Tovar, e inquirições de "vita et moribus" que se fizeram em Alcáçovas e na cidade de Évora, por requisitória, secretas e comissões de Frei José de Jesus Maria e do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisores das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora.

Apesar do Acordão da Relação Eclesiástica deliberar que o habilitando possuia os requisitos para ordens menores, só consta que foi examinado e aprovado para prima tonsura.

O pai do habilitando era superintendente do tabaco na Província do Alentejo.
Access restrictions
Documento de consulta livre.
Physical location
Mç. nº 25, Proc. nº 215
Language of the material
Português e latim.
Physical characteristics and technical requirements
Falta o f. 1. Alguns fólios possuem trespasses de tinta que dificultam a leitura dos documentos.
Creation date
5/9/2012 2:41:16 PM
Last modification
6/8/2012 5:23:00 PM