Processo de habilitação “de genere” de João Rebelo Travassos Bandeira, filho de João Rebelo Travassos e de Clara Inácia Bandeira, natural de Benavente, para ser admitido a prima tonsura e ordens menores.

Description level
File File
Reference code
PT/ADEVR/FE/DIO-CEEVR/A/012/00239
Title type
Atribuído
Date range
1717 Date is certain to 1741 Date is certain
Dimension and support
1 proc. (137 f.), papel.
Scope and content
Constam inquirições "de genere" que se fizeram na vila de Alcochete, naturalidade do avô paterno, Pedro de Castro, na vila de Muge, naturalidade da avó paterna, Maria Rebelo da Fonseca, na vila de Alhandra, naturalidade do avô materno, António Melendez Barroso, e na vila de Coruche, naturalidade da avó materna, Clara de Campos Bandeira, por requisitórias, secretas e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações "de genere" do Arcebispado de Évora.

Após as primeiras inquirições "de genere" foi denunciado que o avô materno do habilitando era cristão novo. Foram efectuadas as respectivas averiguações sobre a denúncia, foram requeridas ao habilitando certidões de baptismo e casamento dos avós maternos e constam sucessivo acordãos referindo que não estavam explicítas as informaçãoes entregues na Relação Eclesiástica. Só no ano de 1741 é deliberado que o habilitando estava apto para auferir ordens menores. Não consta referência em como foi examinado e aprovado nas mesmas.

Access restrictions
Documento de consulta livre.
Physical location
Mç. nº 28, Proc. nº 240
Language of the material
Português e latim.
Physical characteristics and technical requirements
Falta o f. 1 e 2. Alguns fólios possuem trespasses de tinta que dificultam a leitura dos documentos.
Creation date
5/17/2012 2:51:03 PM
Last modification
6/8/2012 5:23:02 PM